Nossas Noticias

Está solto jovem acusado de atacar três mulheres com uma faca em Rio Negrinho na manhã de hoje

  Um jovem foi acusado de ter ameaçado oficialmente duas mulheres com uma faca no centro de Rio Negrinho na manhã de hoje. A ocorrência tem versões diferentes da Polícia Militar, que divulgou a situação como tentativa de estupro e a Polícia Civil, que reconheceu a ilegalidade do ato mas enfatizou que a situação não configurou tentativa de estupro. O jovem foi solto. Confira aqui como as autoridades trataram o caso. Polícia Militar Na manhã de hoje a Central de Operações da Polícia Militar (Copom) em Rio Negrinho, recebeu ligação informando que um homem em posse de uma faca tentou abusar de uma mulher que transitava a pé no centro da cidade. Imediatamente o Copom deslocou viaturas para averiguarem o fato delituoso. Ao chegarem ao endereço do delito a vítima informou que o suspeito tentou levá-la paraa área de mata, ameaçando-a com uma faca, após a tentativa o autor fugiu pelo trilho do trem sentido Br-280, os policiais militares começaram buscas ao longo dos trilhos. Durante as buscas a Central de Operações da Polícia Militar (Copom), recebeu uma nova ligação, onde a vítima relatou também ter sofrido uma tentativa de estupro por uma pessoa em posse de uma faca, em outro ponto nas proximidades da linha férrea, que o suspeito era um homem, cujo características físicas e vestes eram idênticas a ligação anterior. De imediato uma das viaturas foi até o local do fato, onde o autor novamente fugiu pelo trilho do trem, os policiais militares rapidamente percorreram os trilhos e lograram êxito em localizar o suspeito. O homem foi detido diante da flagrância do delito de tentativa de estupro, o arguido recebeu voz de prisão em flagrante dos militares. Sendo assim conduzido à delegacia de polícia civil para a lavratura dos procedimentos legais cabíveis. Já tem outras passagens pela polícia Em consulta aos sistemas criminais foi constatado que o suspeito já possui 3 registros criminais em Santa Catarina pelo crime de roubo e por porte ilegal de arma de fogo. Ele teria atacado outra mulher e roubado um estabelecimento também hoje de manhã De acordo com informações extraoficiais o mesmo homem também teria atacado a atendente de um estabelecimento comercial da cidade, ameaçando-lhe com uma faca. Ele ainda teria com isso roubado uma quantia da loja mas, com medo, a funcionária teria se recusado a registrar denúncia. Está solto Ainda conforme as denunciantes, o homem teria sido solto horas depois de cometer os crimes. Polícia Civil A reportagem do Nossas Notícias conversou com o delegado Gil Ribas, que atendeu o caso. Ele argumentou que legalmente falando não há evidências de que tenha havido tentativa de estupro e que desta forma o delito cometido pelo jovem foi considerado como de constrangimento ilegal, considerado de menor potencial ofensivo. Segundo Ribas, o depoimento das vítimas não aponta tentativas de investida sexual. “Ele mostrou a faca e disse para elas ‘conversarem’ com ele. Elas tentaram dar a bolsa de dinheiro e ele negou. As denunciantes também correram do homem. Portanto não houve absolutamente NENHUM fato que caracterizasse tentativa de estupro”, garantiu      ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram