Nossas Noticias

Ederson é condenado a mais de 13 anos de prisão

Ederson Krensiglova, acusado de matar Gilmar de Góes em um crime que aconteceu no trevo de acesso ao bairro São Pedro, no dia 19 de fevereiro deste ano, foi condenado hoje a uma pena de 13 anos 7 meses e 10 dias de reclusão. O crime foi analisado através de um júri popular que começou às 08h30 na Câmara de Vereadores e se estendeu até por volta das 17h. A sentença foi declarada pelo juiz Rubens Ribeiro da Silva Neto. Na acusação atuou o promotor Diogo  Deschamps e na defesa o advogado Amílcar Cordeiro Teixeira, do Paraná (PR). Para declarar a pena a ser cumprida por Ederson,o juiz, com base em todos os argumentos apresentados e também na análise do júri, enquadrou o crime cometido como homicídio duplamente qualificado, realizado por motivo fútil e emprego de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, o que foi considerado como agravante. A pena definitiva deverá ser cumprida em regime fechado. Relembre o caso Clique no link abaixo e relembre o caso acessando nossa matéria publicada ontem, anunciando a realização do júri. https://nossasnoticias.com.br/2018/11/27/suspeito-de-matar-vilmar-de-goes-no-bairro-sao-pedro-no-inicio-deste-ano-sera-julgado-amanha/]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram