Nossas Noticias

Chefe do Procon alerta para golpe do empréstimo

Um número expressivo de reclamações no Procon de Rio Negrinho vem chamando a atenção de Eduardo Ramos, coordenador do órgão de defesa do consumidor. Em virtude de uma série de queixas relativas ao golpe de empréstimos via internet, ele procurou a reportagem do Nossas Notícias para fazer um alerta. Conforme Ramos, vários rionegrinhenses vem contratando empréstimos via internet, anunciados principalmente em redes sociais como o Facebook e grupos ou listas de Whatsapp. “As supostas financeiras oferecem empréstimos de R$10 mil, R$15 mil para os contratantes. No fechamento do contrato dizem que não há nenhuma taxa adicional e será cobrado só o valor do juro nas parcelas”. A questão é que conforme o advogado, depois disso os consumidores eram pressionados a depositar valores significativos para que pudessem ter o empréstimo liberado, o que acabava não acontecendo apesar de as contribuições serem feitas. “Só que depois a empresa comunica que é preciso que sejam pagas taxas a partir de R$ 300,00 para despesas de contrato, com cartório e tudo mais. E a partir daí inicia-se um ciclo de enganações”. Como se não bastasse, após o primeiro depósito a empresa pede outros depósitos, apresentando várias alegações. “Falam que será necessário mais dinheiro para despesas de contrato, dizem que por engano depositaram um valor a mais e que a diferença precisa ser devolvida… Mas nada disso é verdade”. Eduardo contou que em Rio Negrinho houve casos de pessoas que chegaram a fazer até três depósitos, na esperança de obter a “liberação do dinheiro”. “Atendemos vários casos de pessoas que para emprestarem R$ 5 mil precisariam depositar R$ 2,5 mil. Não tem lógica isso”. O advogado também contou, que ao perceberem o golpe, muitos tentaram mas simplesmente não conseguiram mais contatos com estas “financeiras”. Ele falou também que chegou a haver casos em que para desfazer o negócio e devolver o dinheiro depositado pelos consumidores, algumas “financeiras” chegaram a pedir que fosse feito mais um depósito. Em virtude do delicado cenário ele elencou algumas recomendações à comunidade:

  • Nenhuma financeira pede depósito. Ainda mais em conta Pessoa Física;
  • Pedimos atenção porque tem bastante gente de Rio Negrinho caindo neste golpe;
  • Orientamos a população que tenha cautela sempre que se interessarem por um anúncio de empréstimo via internet;
  • Pedimos também que pesquisem sobre estas empresas e que procurem o Procon caso alguma financeira peça depósito antecipado para liberar qualquer tipo de empréstimo;
  • Caso tenha caído no golpe que procurem o Procon;
  • Esta é uma questão mais criminal do que uma relação de consumo. Podemos tentar contato com estas empresas, se conseguirmos, mas geralmente é difícil;
  • O certo é ir na Delegacia depois de ir ao Procon e registrar um boletim de ocorrência por estelionato. Mas vale adiantar que o valor depositado é muito difícil de reaver. Por isso fica o alerta para cuidado máximo.
]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram