Nossas Noticias

Conselho Comunitário de Segurança realiza reunião com moradores do Pinheirinho

Os integrantes do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) realizaram uma reunião no bairro Pinheirinho na noite de sexta-feira (28). O encontro aconteceu na Escola Padre Cláudio Longen e além da participação de moradores, contou com a participação de professoras da escola e representantes da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, que falaram sobre seus trabalhos e responderam perguntas da comunidade. Comandante do Corpo de Bombeiros O comandante do Corpo de Bombeiros, Leonardo Ardigó, falou sobre as consequências da extinção da arrecadação do Funrebom (Fundo de Reaparelhamento do Corpo de Bombeiros), considerado inconstitucional pelo Tribunal de Justiça. Ele destacou que a corporação vem buscando outras formas de compensar a baixa na arrecadação e pediu que a população entre em contato com os bombeiros quando houver ocorrências que competem aos bombeiros. “Nosso trabalho é atender ocorrências de incêndios, acidentes, resgates, corte de árvores, captura de animais e outros. Mal estar, mal súbito, crises, intoxicações e outros devem ser atendidos pelo SAMU”.

ANÚNCIO
Soldado Werka, da Polícia Militar O soldado Werka, policial militar que trabalha no setor administrativo da Companhia em Rio Negrinho enfatizou que a PM  sempre está a disposição de todos e frisou que o Pinheirinho é um dos bairros mais tranquilo da cidade. Werka contou que para manter a segurança no município, a PM conta com várias ações e projetos, sendo o Vizinho Vigilante um dos principais. “A Rede só é implantada em áreas seguras. Quero dizer com isso que depois que é eliminado um foco do crime nós instalamos a Rede, para evitar que os agentes voltem a repetir as mesmas ações na mesma área”. Conforme ele anunciou, a próxima Rede será instalada em um loteamento do bairro Alegre. “Hoje temos muitos usuários de drogas em Rio Negrinho. Isso afeta em outras situações como roubos, brigas e várias situações, sem contar com as crises familiares. Com relação a isso peço que a população não tenha medo de denunciar irregularidades para a polícia”. Denunciar é importante   Sidney Kormann, membro do Conselho, falou sobre a importância das denúncias. “São importantes para que haja indicadores que permitam que venham recursos para a segurança na cidade. Às vezes acontecem crimes que a polícia nem sabe porque as pessoas não registram. Quem quiser pode registrar Boletim de Ocorrência pela internet, inclusive”. Sete Redes de Vizinhos no Vila Nova Carlos Alberto Martins, presidente do Conseg, lembrou que só no Vila Nova já existem 7 ruas onde foi implantada a Rede de Vizinhos. “Estamos procurando trazer outras famílias para a Rede e já conversando com algumas para que sejam colocadas câmeras de vigilância pagas pelos moradores”. Depredação na escola
ANUNCIO
As professoras relataram que  há situações de depredação na escola, que é a única de tempo integral de perímetro urbano. ” O Cláudio Longen recebe alunos de todos os bairros. Fazemos um trabalho de conscientização com os alunos para evitar que invadam e representações a  escola. Alguns pulam o portão, já chegaram a danificar telas…As  coisas estão melhorando aos poucos. Além das conversas com os alunos e com os pais temos as câmeras de vigilância e a Ronda Escolar, que tem contribuído bastante também”. Próxima reunião A próxima reunião do Conseg está marcada para o dia 25 de outubro. Acontecerá na Escola Jorge Zipperer, com o foco de reunir moradores dos bairros Vila Nova e  Industrial Sul no Jorge Zipperer.]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram