Nossas Noticias

"O aluno estava empurrando a diretora contra a parede. Ainda bem que chegamos bem na hora"

Ser policial ou professor (a) nunca foi fácil. Claro, o ambiente já foi melhor para estas duas categorias fundamentais para a sociedade. Mas, nos dias atuais,com tantas mudanças na sociedade o bordão “os jovens de antes não eram assim” nunca foi tão real.

ANÚNCIO
Pague consultas e exames médicos com desconto na folha de pagamento! SEM consulta ao SPC/Serasa e SEM mensalidade! Clique na foto abaixo e converse com a equipe da CDL RIO NEGRINHO!
Que o digam os policiais que em Rio Negrinho fazem diariamente a Ronda Escolar. Eles participaram da reunião promovida pelo Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) de Rio Negrinho na Escola Marta Tavares, no Cruzeiro e contaram um pouco do seu dia a dia e desafios. “É um privilégio para Rio Negrinho ter uma Ronda Escolar”  Os policiais militares destacaram que são poucas as cidades de Santa Catarina que tem uma guarnição específica para atender as escolas. “Realmente é um privilégio para Rio Negrinho. O Proerd trabalha na sala de aula, na parte de prevenção e a gente tenta conciliar mais uma parte de estar dentro da escola. Estamos sempre nos intervalos, conversando com os alunos”. Repressão também Eles enfatizaram também que a ideia principal da Ronda Escolar é a prevenção e a repressão, se necessário. “Mas é uma repressão voltada para crianças e adolescentes, não é como em abordagens com adultos”.
ANÚNCIO
Vivendo situações que nem se imagina Eles relataram ter vivenciado diferentes situações nas escolas. “Já pegamos muita droga dentro das escolas. Também armas brancas, interrompemos  vias de fato (brigas), desacato…”. O desacato, segundo contaram, é um problema constante no ambiente escolar. “Tem muito desacato ao professor, estamos agindo muito em cima disso.  Tem aluno falando palavrão para professor, aluno agredindo professores, … Atendemos uma ocorrência em que chegamos na hora em que o aluno estava empurrando a diretora contra a parede, era um adolescente de 13 anos”. O adolescente foi conduzido para a delegacia, para onde foram também os pais e o Conselho Tutelar. “O trabalho da Ronda Escolar tem sido espetacular” Em virtude de situações como essas, os policiais militares frisaram que a Ronda Escolar é um amparo da PM às escolas e que o trabalho tem surtido grande efeito. “O resultado tem sido espetacular, não só dentro das escolas mas fora. Chegávamos em praças na frente de algumas escolas e no horário de entrada da aula tinha gente fumando maconha e bebendo, tinha alunos junto com esse pessoal. Hoje isso já não tem mais”. “Vemos que os professores estão passando por um desgaste psicológico muito grande” Para os policiais, o trabalho da Ronda Escolar tem se confirmado como um grande apoio aos professores. “Eles estão necessitados,  pois eles passam por um desgaste psicológico muito grande no seu dia a dia”. Falta de educação que muitas vezes vem de casa O exemplo – ou mal exemplo – de alguns pais, na opinião dos policiais tem sido um fator determinante para agravar o mau comportamento de crianças e adolescentes. “Muitos alunos infelizmente se comportam mal porque o exemplo vem de casa. Já conversamos com alunos que contaram que os pais lhes falam palavrões, que queimam seus cadernos, queimam seus brinquedos…Que o pai bate na mãe e vice versa. É o reflexo, muita coisa precisa mudar, inclusive as famílias”. Contatos com os policiais Eles finalizaram informando que pais, alunos e professores que desejarem saber mais sobre a Ronda Escolar ou conversar com os policiais que executam o trabalho podem procurar os diretores das escolas. “Nós temos  um grupo de WhatsApp em que participam nos comunicamos com os diretores, visando atender melhor as ocorrências ligadas ao mundo escolar”.
ANÚNCIO
Faça a melhor negociação e adquira já o seu carro na BR MULTIMARCAS! Clique na foto e agende já sua visita! 
   ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram