Nossas Noticias

Terapia de Barra Acess será realizada gratuitamente na Praça do Avião

10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. A data foi criada em 2003 pela Associação Internacional de Prevenção ao Suicídio e pela Organização Mundial de Saúde. E dezenas de atividades diferenciadas estão previstas para o dia,em vários países do mundo. Neste ano em Rio Negrinho,além das atividades já tradicionalmente realizadas pelo CVV (Centro de Valorização à Vida), uma novidade promete também surpreender a comunidade. Nos dia 10 (segunda-feira) a terapeuta Sônia Caetano estará realizando gratuitamente sessões de Barra Acess na Praça do Avião em parceria com outros terapeutas convidados por ela. Os procedimentos estarão disponíveis para toda a comunidade das 09h às 17h. Sônia é rionegrinhense e atende clientes em vários estados do Brasil além de ministrar cursos de várias técnicas terapêuticas. Ação realizada em 175 países  Ela contou que a organização mundial de Acess, denominada Access Consciousness Gary Douglas já aderiu à campanha de valorização da vida e prevenção ao suicídio há muitos anos e em alguns dias do mês de setembro seus terapeutas, que atuam em 175 países, aplicam a técnica gratuitamente. “Pessoas que recebem Acess passam a ter um novo olhar sobre a vida,para o viver. Tanto que a terapia é indicada para quem tem TOC, depressão, ansiedade, busca o emagrecimento, sente dores, limitações fisicas, autismo, escassês, compulsões e na capacidade de deixar hábitos nocivos (os conscientes e os inconscientes) e outros”. Sônia também relatou que separou a data a sua agenda para atender exclusivamente em Rio Negrinho por entender a importância da técnica e seus resultados. “Trazer esta ferramenta ao público é muito importante, tendo em vista que comprovadamente o Acess também produz resultados grandiosos com aquelas pessoas que pensam em tirar a própria vida”. O que são as Barras Acess A terapeuta explicou que Barras Acess é um processo quântico,  feito a partir de toques suaves em 32 pontos energéticos em torno da cabeça. “Esses pontos  armazenam toda corrente eletromagnética das sinapses neurais que criam os padrões comportamentais e reações programadas”. Conforme Sônia, estes pontos carregam várias informações limitantes que impedem o funcionamento normal da vida ou alguns de seus aspectos. “Quando um terapeuta ativa as barras, esses registros começam a ser liberados. É como se aquelas sensações de medo, culpa, pânico, tristeza…fossem apagadas”. Mais informações Mais informações podem ser obtidas pelo fone (47) 9.96714602.      ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram