Nossas Noticias

VAMOS FALAR SOBRE POSSE RESPONSÁVEL?

Kelen Sbolli é adestradora profissional de cães. Proprietária da Vita Canis, de Curitiba (PR), atende na capital paranaense e também em Rio Negrinho (SC). Contatos com a colunista podem ser feitos pelo zsbolli@yahoo.com.br ou pelo (41) 9.99972754. *************************************** O que é posse responsável de animais? Nunca devemos adquirir um cão sem responder a algumas perguntas essenciais:

  •  Por que quero um cão? É para mim? Vou dar de presente? Quem vai receber realmente quer um cão? Todos na minha casa estão de acordo com um novo membro na família?
  •  Qual a raça ou o tipo de cão de abrigo quero? Mas o que quero corresponde às minhas condições.
Por exemplo, alguém sempre quis um São Bernardo mas ganha um salário mínimo. Este cão não terá condições de receber uma alimentação adequada devido ao seu tamanho, nem de cuidados veterinários inerentes à raça. A sua personalidade determina que cão você deve ter Que tipo de personalidade tenho? Se sou uma pessoa mais pacata que não gosta muito de exercícios devo ter um cão que não necessite grandes passeios ou muita atividade. Um Border Collie por exemplo, é um cão que necessita de muita atividade, espaço e principalmente desafios mentais, ou seja, não é uma raça para uma pessoa mais quieta. Tenho condições de manter um cão? A média de vida de um cão é de mais ou menos 12 anos. Durante todo este tempo ele necessitará de alimento de boa qualidade, cuidados veterinários periódicos, vacinas, vermífugos, adestramento etc, além de passeios diários, ATENÇÃO e CARINHO. O cão é um animal de matilha e principalmente depois de sua domesticação ao longo dos milhares de anos em nossa presença, ele necessita estar próximo a nós. Nenhum cachorro nasceu para ficar jogado no quintal vivendo a solidão. Cão acorrentado? Jamais! “Mas não tenho cerca no meu quintal, então ele pode fugir por isso o mantenho acorrentado”. Neste caso, você tem duas opões. Primeira opção, cerque seu quintal. Segunda opção, não tenha cachorro. Quando envelhecer ele se tornará um fardo para mim? Se a resposta for sim, por favor, não tenha nenhum animal. A velhice dos animais é muito parecida com a dos humanos. Demência, AVC, dores articulares, diabetes, câncer de todos os tipos entre outras doenças. Nós, seres humanos, sabemos dizer onde dói e o que estamos sentindo, mas o cão não. Portanto, nossa atenção tem que ser redobrada. Castração A castração também faz parte da posse responsável, uma vez que evita doenças futuras como a incidência de câncer de útero e mamas nas fêmeas e testículos nos machos. Além, de evitar o abandono de cães que tanto vemos pelas ruas. Lugar de cachorro é dentro do terreno da casa Falando nisso, os cães não devem dar “suas voltinhas” pelas ruas. O lugar deles é dentro do terreno da casa. Estas “voltinhas” podem matar seu cão por atropelamento, brigas ou doenças que adquirem. Punição física nunca foi e nunca será uma maneira de educação  Além de ser um ato de extrema covardia, isso fará com que seu animal se torne medroso e/ou agressivo. Trate-o com respeito da mesma maneira com que gosta de ser tratado. Se você acha que não tem paciência para educar respeitosamente um cão, é melhor não tê-lo. Os animais são seres vivos que sentem fome, frio, medo e pelos quais somos responsáveis depois que os adquirimos e, portanto, temos que aceitar as conseqüências que seus atos provocam. Se você concluir que realmente consegue ter um cão Se você concluir que realmente consegue ter um cão, posso te garantir que você terá um companheiro fiel, que estará ao seu lado em todos os momento, que o amará incondicionalmente, que nunca o deixará mesmo que todos o façam. Ele te entende, te ama e te aceita da maneira como você é…por isso, vale a pena dar o nosso melhor para eles.]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram