Nossas Noticias

Prefeito anuncia projeto de desconto no IPTU para quem cuidar do meio ambiente

O prefeito Júlio Ronconi (PSB), usou da palavra durante o I Fórum de Hidrologia e Prevenção de Cheias. O evento aconteceu na Câmara de Vereadores e foi promovido pelo Núcleo de Prevenção de Cheias de Rio Negrinho, ligado à Associação Empresarial. A ação aconteceu também com o apoio da entidade. Desconto anual Ronconi anunciou que a prefeitura irá começar uma revisão da planta genérica de valores das edificações da cidade. “E já está no nosso planejamento que quando fizermos esta revisão vamos colocar como base de desconto de IPTU iniciativas que tenham o objetivo de preservar o meio ambiente”. Como exemplo de pessoas que poderão ser beneficiadas Julio citou as que provarem que cuidam  das margens dos rios e as que implantarem sistemas de energia solar em suas residências. “Vamos criar uma rede de ferramentas para que estas pessoas tenham um benefício financeiro, que será um desconto anual”. Licitação Júlio adiantou também que em breve a prefeitura vai licitar a empresa que fará todo este levantamento justamente para incentivar a comunidade a adotar estas e outras medidas. Projeto de licença ambiental para retirada de algumas árvores e galhos ao longo do rio Durante o evento, o público também fez perguntas aos palestrantes e lideranças. Uma delas, sobre a permissão para o corte de árvores ao longo dos rios que cortam a cidade. Este questionamento foi respondido pelo prefeito. “O que é preciso é criar  um umntimento de pertencimento com relação ao rio Negrinho. O rio é nosso e temos que mantê-lo limpo e neste sentido estamos fazendo um projeto para a retirada de árvores que ficam ao longo do rio. Acredito  que em breve esta licença estará disponível para que a gente inicie os trabalhos”. Taxa de esgoto sanitário O prefeito também falou sobre a cobrança da taxa de esgoto sanitário, que segundo ele, provavelmente deverá começar entre outubro e novembro. “Rio Negrinho já tem 94% de cobertura do esgoto sanitário na área urbana e esta taxa nunca foi cobrada”. Ele frisou que sabe  que haverá um impacto financeiro para a população mas considerou que o serviço de esgotamento terá um benefício direto na natureza e principalmente nos rios do município. Recursos de R$300 mil para o Plano de Macrodrenagem são do governo estadual Júlio finalizou destacando que o Plano de Macrodrenagem contratado pela Prefeitura será pago com recursos do governo estadual, que liberou R$ 300 mil para a o projeto. “Este valor já está disponível e nesse projeto já vão estar os pré projetos para as obras necessárias para que se resolva e muito o problema das enchentes no nosso município”. Conforme o prefeito não adianta pedir recursos ao governo federal sem que a administração saiba quais obras  precisam ser realizadas, suas fases e os valores necessários. “Fica muito mais fácil de obter recursos desta forma. Tenho certeza que com esses projetos prontos conseguir as obras. É questão de pouco tempo”.]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram