Nossas Noticias

"Este é um excelente momento para o PT"

O padre Pedro Baldissera, deputado estadual do PT, participou de encontro da sigla em Rio Negrinho na noite desta quarta-feira no salão da Igreja Nossa Senhora Aparecida, no Vila Nova. Diante de um público de cerca de 60 pessoas, das quais 14 ele abonou ficha de filiação, o parlamentar falou sobre o cenário político atual e perspectiva para as eleições de outubro em nível nacional e estadual. Baldissera comentou também sobre sua participação em projetos desenvolvidos em Rio Negrinho. Confira na entrevista. Nossas Notícias – O senhor comentou que tem crescido o número de filiados ao PT. Falou também sobre pesquisas que apontam o deputado federal Décio Lima, também do PT, com bom índices de intenções de voto na disputa para o governo do estado. Tudo isso num momento que não é positivo para o PT, tendo em vista os fatos envolvendo Lula, Dilma e lideranças da petistas. Como funciona esta matemática? Padre Pedro – Temos que compreender que vivemos numa sociedade de classes, neoliberal,onde pequenos grupos tem o poder em detrimento de uma grande maioria que é a classe dos excluídos, que são os trabalhadores. O que a gente vê é que os trabalhadores estão fazendo uma comparação das conquistas que tiveram com o PT, quando houve um desenvolvimento e inclusão social muito fortes, com novas universidades inclusive em Santa Catarina, Pronaf Investimento, investimentos em infraestrutura, programas de habilitação, novos institutos federais, novas universidades… Inclusive em Santa Catarina. E nestes dois anos e pouco do governo Temer o que se vê é um desmonte do estado e das políticas sociais construídas por várias mãos. Então o povo hoje começa a fazer discernimento e comparações. Vê o aumento do desemprego, aa recessã, oo aument do combustível, uma série de coisas que somam contra. Por isso este é um momento de um ressurgir a esperança da classe trabalhadora porque  tudo o que está sendo colocado por Temer é contra os trabalhadores. Para se ter uma ideia, a pré candidatura de Décio Lima ao governo de Santa Catarina registra boas porcentagens de uma intenção de votos nas pesquisas. Nunca havíamos chegado nesta condição de intenções de voto e de ir até para o segundo turno. Ou seja, o momento é bom para o PT. Nossas Notícias – No seu discurso o senhor também afirmou que o PT lançará de fato Lula como candidato à presidente e que ele tem condições de assumir caso seja eleito. Como pode acontecer isto, legalmente falando? Padre Pedro – Estando preso, o Lula em Santa Catarina  tem mais de 30% de intenção de votos conforme pesquisas. Isso é bom e nos anima pois já temos exemplos de outros momentos no Brasil em que  prefeitos e parlamentares  foram eleitos estando na prisão e conseguiram assumir. Nossas Notícias – O senhor acredita que a candidatura de Lula passa na lei da Ficha Limpa? Padre Pedro – Se a decisão da Justiça for técnica e não política, acredito que sua candidatura não será barrada. Afinal não tem nada que desabone o Lula. Nossas Notícias – O senhor também declarou que é pré candidato à reeleição para a Alesc. Neste sentido, a pergunta é: como contribuiu com Rio Negrinho durante o seu mandato? Padre Pedro – Participei de inúmeros debates; da implantação do projeto Farmácia Viva Itinerante, uma importante iniciativa num momento em que entendemos que trabalha-se a questão da prevenção de doenças. Também destinei uma emenda de R$ 100 mil para construção de uma área coberta no Assentamento Butiá, no interior da cidade. Além disso também destaco a conquista de uma área de mais de 800 hectares para reforma agrária no Meio Oeste; estamos pleiteando uma Universidade Federal para Três Barras, contemplando toda a região. E a comunidade de Rio Negrinho pode contar comigo. Em meu mandato constantemente estive na cidade reunindo-me com lideranças de várias localidades. Acredito que  a política é a ferramenta para a construção do bem comum. Outros momentos do evento “No PT de Rio Negrinho queremos trabalhadores. Queremos filiados com mão grossa. Com calo na mão. Porque até hoje sempre que contamos e nos aliamos com gente de ‘mão fina’ o partido só se enfraqueceu”, Gerson Bogenhagen, presidente do PT de Rio Negrinho Novos filiados na cidade Outros momentos  ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram