Nossas Noticias

Mamãe eu quero

Coluna semanal sobre o universo das mamães escrita por Ivy Baum. Ivy é mãe de Taci, já adolescente e dos pequenos Vitor e Vicente, que são gêmeos. Para “desestressar”, ela escrevia um diário secreto. Até o dia em que ela comentou sobre isso comigo. Li alguns textos, AMEI e como estava para lancar o site fiz questão de reservar uma coluna para ela por aqui.  Para falar com a colunista envie sua mensagem para ivybaum16@gmail.com Boa leitura! *************************************** Semana passada, foi comemorado o Dia DAS MÃES. E pensando nesse dia, não pude deixar de pensar, se nós mães realmente nos apropriamos dele … DO QUE PODERIAMOS FALAR? Falar da maternidade, dos nossos sentimentos, nossas dificuldades e necessidades, da ajuda das outras pessoas, da violência obstétrica. Precisamos falar sobre como os médicos estão nos tratando e tratando nossos filhos. Precisamos falar  do consumismo, do romantismo da maternidade. “Precisamos informar as mulheres sobre as dificuldades que encontrarão na maternidade” Precisamos informar as mulheres sobre as dificuldades que encontrarão na maternidade, para que possam tomar essa decisão mais informadas sobre o que realmente é ser mãe. Precisamos derrubar preconceitos e conceitos, sobre mães adotivas, mães negras, mães solos, mães lésbicas… para que a maternidade não se viva mais em quatro paredes, para que a mulher não se sinta acuada e acabe se isolando porque ela ouve pitacos e um monte de informações desencontradas “Precisamos falar de creche e…” Precisamos falar de creche, que nossas crianças precisam estar seguras e serem muito bem tratadas. Também precisamos falar que não podem ter salas cheias de crianças e que as professoras precisam ser muito bem remuneradas. Precisamos falar de Escola, de qualidade de Ensino, discutir o que desejamos para o futuro dos nossos filhos. Precisamos falar de casamento, do papel do pai na criação dos filhos, precisamos falar do abandono paterno, de pai que não paga pensão para seu filho, de machismo, de violência, de educação sexual, violência sexual e como vamos enfrentar e preparar nossos filhos para esse mundo cão e violento. “Ser mãe já não é mais só ter filhos e criá-los” Precisamos falar com urgência sobre maternidade, existem muitos mais assuntos do que esses…. Acredito que precisamos  ter mais escolhas disponíveis, porque criar novos seres humanos é o papel mais importante que existe. A maternidade não é somente ter filhos e criá- los. A maternidade virou uma luta diária que inclui derrubar preconceitos, luta pela saúde, pela educação, pela dignidade, por política que nos proteja, por melhores condições de trabalho, e valorização da mulher. Dia das Mães é todo dia…]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram