Nossas Noticias

"Foi só uma brincadeira. Ela bem que gostou…"

  “Foi só uma brincadeira”. “Ela bem que gostou”. “Não fiz mal a ele. Eu sou bom”. “Bem que estava querendo”. “Criança imagina muita coisa”. Já te falaram isso? Você já ouviu falar destas frases? Pois foram elas que já de inicio chocaram (no bom sentido) adolescentes e adultos que assistiram a apresentação da peça “Canção para não ninar”, apresentada hoje pela Cia. Nós em Cena na Sociedade Musical. Abuso sexual E na sequência destas frases chocantes, usadas como “justificativas” por pedófilos, o público acompanhou uma sequência de esquetes que abordaram com delicadesa um tema pesado, que inclusive emociou muitos jovens da plateia. CREAS e apoiadores   A atividade faz parte da programação que marca a mobilização em função do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, datado em 18 de maio e foi promovida pela equipe do CREAS (Centro de Referência em Assistência Social) de Rio Negrinho, com o apoio da Universidade do Contestado, Câmara de Vereadores, Poder Judiciário, SEST SENAT, Conselho Tutelar, Prefeitura ee CMDCA, dentre outros. Durante cerca de 20 minutos os atores Jean Knetschick, Deise Corrêa e Fabio Beckert, ilustraram situações comuns as vítimas de abuso sexual e infelizmente desconhecida – ou escondida – da sociedade. A pequena Cleo, de 8 anos, filha de Deise e Fábio, também fez algumas passagens de cena, tornando o espetáculo ainda mais real e impactante ate mesmo para os atores, experientes na arte de “teatralizar”. “O abuso sexual não é uma tematemá fácil. É um tema pesado e não delicado. Porque delicado é falar dele”, comentaram. Auxilio de profissionais do CREAS para escrever a peça   Os atores contaram que para escrever a peca, em 2013, recorreram a conversas com profissionais do próprio CREAS, que atendem também vítimas de abuso sexual e outras violências. “Desde então fizemos poucas alterações porque a forma como os casos acontecem infelizmente se repetem, conforme viemos acompanhando com os profissionais do Conselho”. Os artistas também lamentaram ter que tratar sobre esta triste realidade. “Infelizmente os abusos acontecem em todos os lugares, todos os dias. E poucos são denunciados”.

Números vem crescendo em Rio Negrinho. Mas temos uma equipe especializada de atendimento”, Giseli Ruckl Anton, Secretária de Assistência Social Durante o evento a Secretária da Assistência Social, Giseli Ruckl Anton e a coordenadora do CREAS, Cláudia Mara, pontuaram sobre o assunto. “O número de casos vem crescendo em nossa cidade. Isso é bastante triste mas temos uma equipe capacitada para acolher as vítimas e proporcionar a elas os encaminhamentos necessários”, frisou Giseli. “Toda nossa equipe, juntamente com os parceiros, se dedicou muito para esta programação para conscientizar a todos da importância de denunciar estas situações”. Continua nesta quinta-feira A programação continua nesta quinta-feira (17), com uma panfletagem na Praça do Avião, entre às 14h e 16h.   ]]>

Parceiros

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram